Amazonas confirma 4ª morte por sarampo; vítima é mulher de 44 anos

A Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) confirmou a quarta morte por sarampo no Amazonas. Desta vez, a vítima é uma mulher de 44 anos, do município de Autazes, que deu entrada no Hospital da Zona Norte, em Manaus, no dia 27 de julho, apresentando comorbidade (hipertensão, diabetes) e que foi a óbito por complicações do sarampo no dia 4 de agosto. O diagnóstico foi confirmado nesta terça-feira (28).
A mulher é a primeira pessoa adulta a ter morte confirmada pela doença neste ano. Os outros três óbitos foram de bebês com menos de um ano, sendo dois de Manaus e outro de Autazes.
O Estado tem 8.595 casos notificados da doença, distribuídos em 45 municípios. São 1.211 casos confirmados de sarampo, sendo 852 em Manaus, 194 em
Manacapuru e 163 casos nos seguintes municípios: Itacoatiara (44), Autazes (21), Coari (24), Parintins (20), Iranduba (16), Rio Preto da Eva (13), Novo Airão (11), Presidente Figueiredo (10) Tapauá (03) e Barcelos (01).
Os municípios com o maior número de notificações são Manaus, com 6.958 casos, e Manacapuru com 911. Itacoatiara tem 109 casos notificados, Parintins tem 70, Iranduba tem 64, Coari tem 49, Autazes tem 45, Rio Preto da Eva tem 42, Manaquiri tem 40, Novo Airão tem 32 e Careiro tem 30.
A capital está em situação de emergência por conta das ocorrências de sarampo. (globo.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário