Bahia gerou 1.672 postos de trabalho em julho

O estado da Bahia gerou 1.672 novos postos de trabalho em julho. O levantamento foi feito a partir de informações reunidas pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).
O crescimento foi de 0,1% em relação ao número registrado no mês anterior – o resultado positivo é a diferença das 46.335 admissões e 44.663 desligamentos. O saldo também é maior, se comparado com o mesmo período de 2017, quando foram acrescidos 847 postos.
Seis dos oito setores contabilizaram números positivos: Serviços, Agropecuária, Administração Pública, Extrativa Mineral, Serviços Industriais de Utilidade Pública e Indústria de Transformação. Por outro lado, dois setores fecharam com queda em novos trabalhos com carteira assinada: Comércio e Construção Civil.
Na Região Metropolitana de Salvador foram criados 180 postos de trabalho no sétimo mês do ano, no interior foram geradas 1.492 posições celetistas. Quanto ao saldo de emprego acumulado no ano de 2018, enfatiza-se que a RMS encerrou (-465 postos) e o interior (+24.010 postos) gerou postos de trabalho com carteira assinada. 
Tribuna da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário