Polícia autoriza exumação do corpo de criança morta em Maragojipe

A justiça autorizou a exumação do corpo de Gleysse Santos da Conceição, de apenas 5 anos, morta no dia 30 de julho na cidade de Maragojipe. Além da menina, sua mãe, a marisqueira Adriane Ribeiro Santos, 23, e a irmã mais nova, Ruteh Santos da Conceição, 2, morreram com sintomas parecidos em três segundas-feiras diferentes, entre os dias 30 de julho e 13 de agosto, com intervalos de sete dias exatos.
O delegado Marcos Veloso, responsável pelas investigações, solicitou a exumação do corpo, que será desenterrado e levado ao Instituto Médico Legal mais próximo da cidade para necropsia.
Os exames já realizados nos corpos de Adriane Ribeiro e e a filha caçula, Ruteh
Santos devem ser refeitos. Segundo a assessoria da Polícia Civil, a médica não considerou resultados satisfatórios, já que não foram constatadas a presença de substâncias tóxicas. A família reforça a suspeita de envenenamento.
O prazo para finalizar a perícia é de dez dias, podendo ser prorrogado caso seja necessários maiores procedimentos. (varelanoticias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário