Xerife diz que jogadores eram alvo de ataque na Flórida

O xerife Mike Williams informou dia (27) que David Katz, 24 anos, suspeito do ataque a tiros em um campeonato de videogame dia (26) em Jacksonville, Flórida, comprou as armas que ele portava durante a ação duas semanas antes do atentado.
Apesar de ter duas armas, uma com 45 e outra 9mm, o atirador utilizou apenas um armamento no ato. Katz também carregava munição extra. 
Ainda de acordo com o xerife, as armas foram compradas legalmente em Baltimore, Maryland, onde o Katz morava.
Williams apontou ainda que o atirador tinha como alvo os jogadores que participavam de um torneio do jogo Madden 19, em um bar na cidade da Flórida. Metro1/Foto : Reprodução/Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário