Bolsonaro retira sonda e faz sua primeira refeição desde a facada, diz boletim médico

O boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein, na manhã desta terça-feira (11), informa que o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) retirou a sonda nasogástrica que estava usando. Ele também comeu pão e tomou suco em sua primeira refeição desde que foi atingido por uma facada, na última quinta-feira (6).
Candidato à Presidência da República, Bolsonaro sofreu o atentado durante uma passeata no município de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Ele chegou a passar por uma primeira cirurgia na Santa Casa de Saúde da cidade, mas depois foi transferido para a unidade de saúde de São Paulo.
De acordo com o novo boletim, assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo, Leandro Echenique e Miguel Cendoroglo, "o paciente permanece em cuidados de Terapia Intensiva, afebril e sem sinais de infecção". Os médicos explicam que a alimentação oral será reiniciada e progredida "de forma gradual", conforme adaptação do deputado.
Segundo informações do UOL, Bolsonaro fará pelo menos mais uma cirurgia, mas o procedimento ainda não foi marcado. O propósito é reconstruir o trânsito intestinal e retirar a bolsa de colostomia acoplada provisoriamente ao corpo do parlamentar. Presidente em exercício do PSL, Gustavo Bebianno estima que Bolsonaro deve receber alta médica daqui a cerca de três semanas, dias antes do primeiro turno das eleições, que será realizado em 7 de outubro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário