Caso raro, mulher engravida de quadrigêmeos e pede ajuda; “ando angustiada”

A gravidez de uma mulher identificada como Rita de Kássia, conhecida como “Ritinha”, de 31 anos, vem chamando a atenção dos moradores do município de Malhada, a 784 quilômetros de Salvador. Isso porque ela será mãe de quadrigêmeos, se tornando o primeiro caso registrado na cidade, que possui cerca de 17 mil habitantes.
Casada há quatro anos, Ritinha tentava engravidar já há algum tempo, mas sem sucesso. Há três meses descobriu não só que tinha conseguido realizar o sonho de ser mãe, mas que se tratava de uma gravidez de risco.
A felicidade se mistura com angústia e desespero, já que Rita e o esposo têm empregos temporários, e a renda não é capaz de suprir todo o aparato necessário para o nascimento de quatro bebês. Entrando no terceiro mês de gestação, o tamanho da barriga já se encontra grande o suficiente para impedir que Rita continue trabalhando normalmente.
Ela ainda possui problema no coração e passou recentemente por uma cirurgia no rim, o que torna sua gravidez de alto risco. Além de todos os itens necessários para os quatro filhos, a gestante ainda terá que contar com os gastos que envolvem as consultas médicas a cada mês, que variam de R$ 170 a 350, e com o transporte para a cidade de Guanambi, a 120 quilômetros de Malhada, onde acontecerão as consultas.
“Apesar de ter ficado feliz com a notícia de ser mãe, ando muito angustiada. Minha família já está entrando em desespero, pois não temos condições financeiras para arcar com tudo necessário para os bebês. A cidade também não tem a infraestrutura para me atender, sou o primeiro caso de gravidez de quadrigêmeos. Qualquer ajuda é bem-vinda, seja com dinheiro ou doação de itens usados como roupinhas, berço, carrinho”, pede.
Para ajudar Rita de Kássia e seus quatro bebês, depósitos podem ser realizados na conta de Rita de Kassia Borges dos Santos, 2261-6 e agência 9440-4. Para doações como berços, carrinhos, roupas e outros, é possível entrar em contato com Marlene, assistente social e tia de Rita: (77) 9994-7820.
Aratu Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário