No sufoco, Vitória bate o Vasco por 1 a 0 no Barradão

No sufoco e com duas expulsões no jogo, o Vitória venceu o Vasco da Gama por 1 a 0 na noite de hoje (9), em partida disputada no Barradão pela 24ª rodada da Série A do Brasileirão. O gol rubro-negro só foi marcado no segundo tempo, com passe de Léo Gomes e finalização de Erick.
Com o resultado, o Leão da Barra foi para a 12ª posição, dentro da zona da Copa Sul-Americana, com 29 pontos. Na rodada seguinte, o Vitória vai a Fortaleza enfrentar o Ceará no sábado (15), no Castelão, às 15h.

O jogo - O Vitória encontrou dificuldades para furar a defesa do Vasco na noite de hoje. Dependendo de Neilton e Erick para armar as jogadas ofensivas, o rubro-negro não conseguiu chegar com perigo muitas vezes ao gol defendido por Martín Silva. Na melhor oportunidade, o volante Léo Gomes aproveitou
cruzamento na área e cabeceou, mas o arqueiro defendeu.
A resposta vascaína veio em seguida, após a defesa do Leão afastar mal a bola, ela parou nos pés de Desábato, mas o gringo não acertou o gol de Ronaldo, que pulou sem precisar fazer a defesa. Irritada, a torcida do Vitória chegou a reclamar de Neilton, esperando melhor atuação do camisa 10.
No segundo tempo, o rubro-negro começou bem e teve a chance de abrir o placar em trama ofensiva liderada por Jefferson. O lateral-direito avançou e tentou o cruzamento para Léo Ceará, mas a bola desviou e tirou o atacante da jogada para marcar. O time comandado pelo técnico Paulo Cézar Carpegiani passou a pressionar mais e tomou conta do jogo, mas não conseguia converter em gol.
O treinador sacou Neilton e apostou em André Lima na frente para furar o bloqueio vascaíno. Mas a resposta veio de trás. Em belíssima enfiada de bola de Léo Gomes, Erick invadiu a área e tocou na saída do arqueiro do Vasco. O lance foi ofuscado logo em seguida, após atrito entre Maxi López e Meli. Pior para Lucas Ribeiro e Yago Pikachu, que acabaram tomando as dores e foram expulsos. A confusão chegou a tomar conta dos vestiários e demorou a ser contornada.
Com bola rolando novamente, a partida ganhou contornos dramáticos. O Vasco chegou a pressionar, com Alberto Valentim apostando em Kelvin e Marrony para chegar ao gol. Mas o que se viu foi o Vitória apostando em contra-ataques rápidos com Erick e Lucas Fernandes. Mas a partida terminou mesmo com o 1 a 0. (metro1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário