A três dias da eleição, MPF pede nova condenação de Lula e pagamento de R$ 75 mi

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou as alegações finais da ação penal envolvendo o Instituto Lula e um apartamento em São Bernardo do Campo nesta quinta-feira (4). Conforme a colunista Monica Bergamo, os procuradores da Força-Tarefa da Operação Lava Jato pedem a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do advogado Roberto Teixeira, o ex-ministro Antonio Palocci, Marcelo Odebrecht e outras quatro pessoas envolvidas.

De acordo com a Folha, o MPF também solicitou que seja decretado o perdimento do apartamento vizinho ao dúplex onde Lula mora em São Bernardo, além do pagamento de R$ 75 milhões, valor que, segundo as investigações, corresponde ao total da porcentagem da propina paga pelo Grupo Odebrecht. Ainda conforme a Folha, entre os pedidos, também está a desconsideração do acordo de delação do ex-executivo da Odebrecht Paulo Ricardo Baqueiro de Melo com o MPF "de modo a que lhe sejam aplicadas todas as sanções legalmente previstas".
BahiaNotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário