Fake News: Justiça Eleitoral desmente mensagem de Whatsapp sobre votos nulos

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) desmentiu uma “Fake News” que circula em aplicativas de mensagem, como Whatsapp, sobre anulação de votos na eleição que irá ocorrer no próximo domingo (7). O TRE pede aos cidadãos que desconsiderem tal mensagem e não a compartilhem. “A nova mensagem que está circulando diz que caso o eleitor vote apenas para presidente, deixando os demais votos em branco, o voto será anulado, só computando o mesmo quando a votação é completa. É mentira”, diz o informe oficial.
No texto viralizado é dito: “Só um aviso aqui, galera. Ontem passei pelo treinamento para os trabalhos para a justiça eleitoral no próximo dia 7. Lembrem-se de votar em todos os candidatos. Se votar só em Presidente, e votar em branco nos outros, o voto é tido como voto parcial. Logo, seu voto é anulado. Só computa voto válido quando o voto é completo. Questionei isso lá, dizendo que a sociedade não tinha ciência de que voto parcial não é computado como voto válido. Questionei indignado, mas a instrutora foi bem clara em dizer que não era computado. Logo, vamos ficar esperto. Repassem a todos”.
O TRE esclarece que, se o eleitor confirmar pelo menos um voto, deixando de concluir a votação para os demais cargos, este voto será aceito e serão considerados nulos os votos não confirmados. Sobre o voto nulo ou branco, a Justiça Eleitoral que votos brancos e nulos são descartados, não sendo contabilizados na hora da apuração do voto. Para votar nulo é preciso digitar um número de candidato inexistente, como 00000, e, em seguida, apertar a tecla verde para confirmar. Para votar em branco é preciso apertar a tecla branca, onde pode se ler a palavra BRANCO e, em seguida, a tecla verde para confirmar. 
Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário