Novos senadores devem pelo menos R$ 65 milhões à União

Pelo menos 12 dos 54 senadores eleitos ou reeleitos no último dia 7 devem cerca de R$ 65 milhões à União. Conforme levantamento feito pelo Estadão, os parlamentares possuem pendências previdenciárias e outros tipos de tributo não pagos. O levantamento considera dívidas ligadas ao CPF deles e ao CNPJ de empresas em que aparecem como sócios.
Levando em conta as dívidas em nome de pessoa jurídica, Jader Barbalho (MDB-PA) lidera o ranking. Ele tem R$ 57,7 milhões em débitos, divididos em três empresas. Como pessoa física, o primeiro da lista é Oriovisto Guimarães (Pode-PR), que deve R$ 5,5 milhões.
Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário