Gerentes são presos por obrigar funcionários que não batiam metas a comer baratas e beber urina

Três gerentes de uma empresa na China foram acusados de humilhação e ficaram presos entre 5 e 10 dias, segundo o escritório de segurança pública local. Os funcionários teriam sido obrigados a beber urina e comer baratas quando não batiam as metas da empresa. Segundo a imprensa local, houve caso ainda de funcionários que foram açoitados com um cinto. Tudo isso na frente de outros funcionários, para servir como exemplo. Há também casos de funcionários obrigados a raspar a cabeça ou beber água de vaso sanitário, além de ficaram sem salário por um mês.
O caso foi descoberto após vídeos serem publicados em uma rede social da China mostrando as agressões e humilhações. Em um dos vídeos, um homem aparece sendo chicoteado por uma mulher, enquanto um grupo bebe um líquido amarelo e tapa o nariz. Segundo o escritório de segurança pública local, os gerentes ficaram presos entre 5 e 10 dias.



*Varela Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário