TJ-BA cancela eleição para vagas de juízes eleitorais da advocacia

O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Gesivaldo Britto, tornou sem efeito os editais que previam abertura de vagas para juízes eleitorais destinados a advocacia. Nesta quinta-feira (29), o TJ havia publicado o edital garantido duas vagas no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para a classe (veja aqui). O motivo do cancelamento não foi informado oficialmente pela Corte.
O edital pode ter sido publicado por um equívoco. O mandato do juiz Eleitoral Rui Barata encerra em julho de 2019 e o mandato de Diego Lima de Castro encerra em dezembro de 2019.


*BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário