A uma semana da apresentação, Willian Farias não sabe se fica no Vitória

A uma semana da reapresentação do Vitória, marcada para 2 de janeiro, a situação de um dos principais atletas do elenco rubro-negro continua indefinida. Com contrato até o final do ano que vem, o volante Willian Farias ainda não sabe se permanecerá na Toca do Leão.
O empecilho é, sobretudo, financeiro. Relegada à Série B e com orçamento apertado para o ano que vem será, inclusive, apresentado hoje à noite ao Conselho Deliberativo, a diretoria do Vitória considera não ter condições de bancar Farias, dono do segundo maior salário da equipe, atrás de Neilton.
Conforme apurado pelo jornal Correio, assim como aconteceu com o atacante rubro-negro, o volante foi liberado para procurar outro clube para a próxima temporada. No caso de Neilton, deu certo: o camisa 10, com contrato até maio de 2020, vai para o Internacional por empréstimo, em troca que levará o
zagueiro Thales e o meia Andrigo, ambos do colorado, para o Leão, também emprestados.
A situação de Farias, no entanto, ainda não se desenrolou. Apesar da consulta de alguns clubes, o Vitória e o empresário do volante, Fábio Melo, não conseguiram iniciar uma negociação até o momento.
Caso parecido ocorreu com o xará e companheiro de posição de Farias. Uillian Correia, que retornaria de empréstimo ao Coritiba no início de 2019, também teve o salário considerado fora da nova realidade rubro-negra e foi liberado para procurar outro clube. No caso dele, encontrou: irá para o Red Bull Brasil até o final do Campeonato Paulista, em maio.
Na busca por um novo time, pesa contra Willian Farias a quantidade de lesões e o baixo número de jogos nas duas últimas temporadas. Em agosto de 2017, ele sofreu um estiramento em um ligamento do joelho direito, tentou voltar à ativa em outubro e sentiu novamente a lesão. Ao final daquele ano, teve que passar por cirurgia. Fez 35 jogos, sendo só 10 pela Série A, e teve 3078 minutos em campo.
Neste ano, a presença em campo caiu consideravelmente. Retornou da cirurgia em março, mas em maio teve uma lesão na coxa direita. Voltou após a Copa do Mundo e reclamou de dores no joelho. No final de agosto, outra lesão, desta vez no tornozelo. Saldo: 29 jogos em 2018 e 1973 minutos em campo.
Willian Farias foi adquirido em definitivo do Cruzeiro no final de 2016, após uma bela temporada por empréstimo. Naquele ano, ele disputou 49 partidas pelo Leão.


*Correio24horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário