São Felipe: Cabo Vladimir fala sobre foto tirada no mesmo dia da morte de Tiago e Felipe

Foto: Arquivo Pessoal/Tribunadoreconcavo
A morte dos irmãos Felipe Santos da Silva, 23 anos e Tiago Santos da Silva, 21 anos, residentes na cidade de São Felipe, ocorrida durante uma ação policial na tarde de quarta-feira, 12/12/2018, na localidade conhecida como Milagres, na divisa entre os municípios de Dom Macedo Costa e Conceição do Almeida, continua repercutindo.
Na tarde desta sexta-feira (14), o cabo Vladimir Oliveira, comandante da guarnição no dia da situação, explicou sobre a foto de Felipe e Tiago, tirada no mesmo dia em que os mesmos morreram. Segundo Vladimir, a foto com os dois com as mãos pra cima foi tirada em uma primeira abordagem realizada na manhã do mesmo dia, por volta das 9h, mas como a moto estava em dia e eles não estavam portando material ilícito foram liberados. Já a tarde, por volta das 15h30, segundo Vladimir, a guarnição novamente encontrou Tiago e Felipe, que evadiram ao avistar a viatura.
“Por volta das 15h30 recebi um alfa 11 da guarnição de São Felipe mandando que eu fizesse um bloqueio nas proximidades do Entroncamento de Conceição do Almeida, que eles estavam acompanhando dois elementos suspeitos vindo de moto de São Felipe, e que eles haviam perdido de vista, fui para o Trevo, chegou a viatura de São Felipe com 3 policiais, e os 2 elementos que eles viam acompanhando não chegaram, deslocamos pela BR-101 até o Posto 101 e quando chagamos nas imediações do Entroncamento de Dom Macedo Costa, perto de um ponto de ônibus, vinham dois elementos descendo uma ladeira vindo de Dom Macedo Costa, quando olhei eram os mesmos que tinham sido abordados pela manhã, mas eles retornaram e seguiram sentido Dom Macedo, fomos em perseguição, eles entraram em um local chamado Milagres e pegaram uma estrada vicinal, lá na frente eles caíram de moto (é tanto que na foto deles tirada no hospital eles tem uma raladura na mão por causa da queda e na foto que eu tirei de manhã eles não tem raladura nenhuma). Eles já desceram da moto atirando correndo em direção ao mato, houve o revide, eles foram alvejados, prestamos o devido socorro e quando retornei ao local que eles caíram encontrei um saco plástico com um tablete de maconha prensada que deve dar meio quilo, 8 pinos de cocaína, duas trouxinhas de maconha pequena, sacos plásticos de geladinhos, linhas pretas, um revolver 38 com 6 cartuchos deflagrados e um revolver 32 com 3 cartuchos deflagrados e 3 picotados”, disse.

Vladimir disse que pegou os dois com vida e levou para o Hospital de Conceição do Almeida, e ao chegar na unidade foi constatado o óbito dos dois. O material apreendido foi apresentado na Delegacia de Santo Antônio de Jesus, pois a Delegacia de Dom Macedo Costa fecha às 18h. Mas a apuração do fato será feita pela delegada de Dom Macedo Costa.
Sobre a motocicleta que Tiago e Felipe estavam, Vladimir falou que está na Delegacia de Dom Macedo Costa sob a responsabilidade da delegada. “Quando eu retornei do Hospital de Conceição do Almeida, após a prestação de socorro, levei a motocicleta para a delegacia e liguei para a delegada, mas ela já tinha encerrado o plantão, nós não tínhamos como conduzir a moto para Santo Antônio de Jesus porque a motocicleta não cabia no fundo da Ranger, a delegada ligou para o carcereiro e eu entreguei a ele a moto com a documentação e os dois capacetes pretos. Ou seja, a motocicleta está lá em Dom Macedo Costa”, disse Vladimir.
Vladimir concluiu dizendo que o objetivo da guarnição era abordar Tiago e Felipe novamente e como estavam com material ilícito que se entregassem, “mas a partir do momento que eles investem contra a nossa guarnição nós não podemos aceitar uma situação dessa, tem que haver o revide porque nós estamos ali representando o Estado e a sociedade. Entendo muito bem o lado da família que está magoada, mas antes de ser policial eu sou um cidadão de bem, agora eu não tenho culpa que as pessoal escolham o caminho errado”, concluiu.
Redação: Tribuna do Recôncavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário