Sem foro privilegiado, Temer fica irritado quando questionado sobre possível prisão

O ex-presidente Michel Temer (MDB) viajou para São Paulo com sua família logo após a posse de Jair Bolsonaro, na última terça-feira (1º), e desde então leva a vida de uma pessoa comum.
Sem foro privilegiado nem qualquer privilégio que tem um presidente da República, Temer ainda fica irritado quando é questionado sobre a possibilidade de prisão. A informação é da coluna Radar, da revista Veja.
Ele vai responder em primeira instância a três denúncias da Procuradoria-Geral da República (PGR).
Em maio do ano passado, ele disse à rádio CBN que não teme a prisão: “Não temo, não [ser preso]. Não temo. Seria uma indignidade e lamento estarmos falando sobre isso. Eu prezo muito a instituição Ministério Público que, aliás, teve em mim um dos principais suportes”.



*VN

Nenhum comentário:

Postar um comentário