SUS amplia tratamento para pacientes com degeneração da retina

O Ministério da Saúde informou que o tratamento oferecido a pacientes com degeneração macular relacionada à idade por meio da oferta do medicamento antiangiogênico e do exame de tomografia de coerência óptica foi ampliado. A degeneração macular atinge a parte central da retina e leva à perda progressiva da visão central. 
Segundo a pasta, ambas as incorporações são importantes para a detecção precoce e para tratar casos já confirmados, estabilizando a evolução da doença. 
Os procedimentos devem atender pacientes com 60 anos ou mais, de acordo com o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Degeneração Macular Relacionada à Idade, e o medicamento é injetável, podendo ser feito nos 2 olhos, com 15 dias de intervalo mínimo.
A tomografia de coerência óptica é um exame não invasivo para diagnóstico da doença nos dois olhos. A proposta é detectar sinais microscópicos de alterações precoces da retina. 



*Tribuna da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário