Caso do presidente Lula pertence ao meu passado, diz Moro

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, se esquivou de comentar a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pelo caso do sítio de Atibaia (SP). "O caso do presidente Lula pertence ao meu passado", limitou-se a dizer.

Lula foi condenado ontem a 12 anos e 11 meses pela juíza Gabriela Hardt. 



*Notícias ao Minuto/Com informações do Estadão Conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário