PF investiga excesso de água e falha na drenagem da barragem de Brumadinho

Foto : Divulgação/Vale
Com base nos depoimentos e perícias feitos até agora, a Superintendência da Polícia Federal investiga como principal hipótese para o colapso da barragem de Brumadinho (MG) o acúmulo anormal de água e a falha no sistema de drenagem. 
Segundo o Estadão, os investigadores buscam agora acesso a dados de um radar, que a cada três minutos produzia informações em tempo sobre a estrutura, e de sensores da Vale, para avançar nas conclusões.

As informações, afirma a publicação, são consideradas as peças centrais para verificar se houve ou não negligência por parte da Vale na tragédia que soma 157 mortos e 182 desaparecidos.  

Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário