STJ manda soltar profissionais presos após rompimento da barragem em Brumadinho

A sexta turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandou soltar, nesta terça-feira (5), três funcionários da Vale e dois engenheiros da empresa TÜV SÜD, que prestavam serviço para a mineradora, segundo o G1.
Os funcionários foram presos após o rompimento da barragem em Brumadinho, em Minas Gerais, por atestarem a segurança da represa.



*BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário