Lula pode deixar prisão em Curitiba e ir para regime domiciliar

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pode deixar a cela da Superintendência da Polícia Federal de Curitiba e ir para o regime domiciliar. Segundo informações do jornal Estado de Minas, a expectativa é que no próximo dia 23 de abril a condenação do ex-presidente seja mantida no Superior Tribunal de Justiça (STJ), assim como foi recomendado na terça-feira (09), pelo Ministério Público.
A defesa do petista acredita na absolvição dele na acusação de lavagem de dinheiro no processo do triplex do Guarujá (SP), isto porque, segundo os advogados, Lula não incorporou o imóvel, deste modo, não estaria caracterizado como crime de lavagem de dinheiro.
Caso haja esta exclusão, a pena dele poderá ser reduzida, o que resultaria na progressão de regime.

Com a mudança, a condenação de 12 anos e um mês de prisão pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) ficaria menor e, com mais de um ano de prisão, ele já estaria prestes a cumprir um sexto da pena, podendo, desta forma, conseguir o benefício do regime semiaberto. No entanto, pelo sistema penitenciário não conseguir garantir a segurança do petista, ele poderia ser enviado para prisão domiciliar.


*Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário