Uso irresponsável de remédios pode causar até 10 milhões de mortes por ano até 2050

Um relatório de entidades associadas à Organização das Nações Unidas (ONU) publicado ontem (29) alerta que o uso em excesso de medicamentos pode levar a 10 milhões de mortes por ano até 2050. Os problemas são ligados aos remédios antimicrobianos, como antibióticos, antivirais, antifúngicos e antiprotozoários.
Esse uso inadequado está fazendo com que as patologias fiquem mais díficeis de tratar. Por exemplo, cada vez que uma pessoa toma um antibiótico, as bactérias podem desenvolver formas de resistência a sua fórmula, ou seja, quanto mais antibióticos a pessoa toma, maiores as chances da resistência acontecer e, consequentemente, do indivíduo desenvolver uma forma mais grave da doença.
No Brasil, 40% a 60% das patologias infecciosas já são resistentes a medicamentos, de acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário