Suspeitos de ataques a bancos morrem em confronto com a polícia na Bahia

Cinco suspeitos de planejarem ataques a bancos na região de São Sebastião do Passé e Catu, na Bahia, morreram em confronto com a polícia, neste domingo (12). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), os suspeitos foram interceptados na BR-110, após denúncia anônima, e levavam armas de fogo, munições e coletes à prova de balas.
Segundo a SSP, um dos carros furou a blitz e capotou. Dois homens saíram atirando. Um terceiro suspeito permaneceu no veículo, que explodiu. As autoridades informaram que esse seria um indicativo de que eles levavam, também, explosivos.
Um outro carro parou antes da barreira e dois homens saíram disparando com armas de fogo.
Os cinco suspeitos foram socorridos, mas não resistiram.
Foram apreendidas duas pistolas calibres 765 e 380, dois revólveres calibre 38, um carregador, coletes balísticos, munições e algemas, entre outros itens.
Os mortos são Claudinei Alves Souza, o “Capenga”, que respondia a três inquéritos, um deles por roubo a banco; Edson dos Santos, o ‘Bonitão’, com seis inquéritos de tráfico e roubos em aberto, apontado como parceiro de Adílson Souza Lima, o “Roceirinho”, fundador de uma facção criminosa.
Alessandro Santos de Jesus, que segundo a polícia é autor de crimes contra bancos no Mato Grosso do Sul; Reinaldo Melo dos Santos, que tinha mandado de prisão em aberto; e Dênis Cortes Campos, que respondia a quatro inquéritos e também é suspeito de integrar uma quadrilha criminosa.
A polícia diz que está fazendo buscas na região para tentar localizar outros suspeitos.

*Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário