Bolsonaro desembarca no Japão para participar do G20

Começa hoje (27) o encontro dos líderes das maiores economias do mundo, o G20, em Osaka, no Japão.
De acordo com o G1, a cúpula deve ser marcada por discussões sobre conflitos comerciais globais, especialmente em meio às negociações entre China e Estados Unidos.
Será a primeira vez em sete meses que os presidentes dos EUA e China, Donald Trump e Xi Jinping, se encontram. A última reunião ocorreu na edição anterior do encontro do G20, em Buenos Aires. Na ocasião, os dois países chegaram a acertar uma espécie de "trégua", mas meses depois as negociações foram interrompidas.
O encontro vai até este sábado (29) e ainda deve ter conversas sobre as tensões que envolvem os EUA e o Irã, além do acordo entre Mercosul e UE.

Participação brasileira
Essa será a primeira participação de Jair Bolsonaro na cúpula do G20 como presidente do Brasil. O mandatário brasileiro deve participar de encontros com os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, da França, Emmanuel Macron, e da China, Xi Jinping. Logo após desembarcar no Japão, Bolsonaro disse que aguarda ser tratado com respeito.
"O presidente do Brasil que está aqui não é como alguns anteriores, que vieram aqui para serem advertidos por outros países. A situação aqui é de respeito para com o Brasil. Não aceitaremos tratamento como no passado", afirmou à imprensa.
Ao ser questionado sobre o que achou da declaração da chanceler alemã Angela Merkel, que afirmou que quer conversar com Bolsonaro sobre o desmatamento no Brasil, o presidente disse que a Alemanha tem "muito a aprender com o Brasil sobre meio ambiente".


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário