Laudo de mulher que acusa Neymar de estupro aponta hematomas e estresse emocional

O suposto caso de estupro que envolveu o atacante Neymar ganhou, na manhã desta segunda-feira (03), mais um polêmico capítulo. De acordo com informações apuradas pelo UOL Esporte, um laudo médico de exames realizados pela vítima no último dia 21 relata problemas gástricos, perda de peso, sintomas de stress pós-traumático e hematomas. No documento, consta detalhes do tratamento e imagens de hematomas na região das nádegas e das pernas. O laudo, que indica transtorno misto ansioso e depressivo, síndrome dispética – um conjunto de sintomas gástricos e traumatismos superficiais múltiplos, foi realizado por um médico particular de um hospital conceituado de São Paulo. O relatório foi divulgado minutos antes da entrevista do pai, que negou o estupro.
Neymar foi acusado de ter estuprado a vítima em Paris, na capital da França, no dia 15 de maio. A denúncia, no entanto, foi registrada somente na última sexta-feira (31), na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro, na capital paulista.
O caso está sob investigação da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI). O craque da Seleção e a suposta vítima devem prestar depoimento nos próximos dias.


*Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário