Mulher que acusa Neymar de estupro entregou imagens e "dossiê" à polícia

A mulher que acusa Neymar de tê-la estuprado em Paris possui imagens e documentos que não constam do boletim de ocorrência registrado na última sexta-feira. O UOL Esporte apurou que parte das provas já foi entregue à Polícia Civil de São Paulo. As investigações correm protegidas por segredo Justiça. Segundo fontes que tiveram acesso às imagens, elas mostram o jogador agindo de forma agressiva antes do momento do suposto crime.
A autora da acusação afirmou à polícia que Neymar a encontrou visivelmente alterado no dia 15 de maio, em um hotel e Paris, e teria mantido relações sexuais sem seu consentimento.


*UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário