Advogado da família entra com ação indenizatória contra Sheik; valor é de R$ 1 milhão

O advogado da família do ex-sócio da banda Black Style, Will Santos, morto na semana passada com dois tiros, em Santo Antônio de Jesus, entrou na tarde desta última quinta-feira (04) com uma ação indenizatória contra Iuri Santos Abraão, empresário conhecido como Iuri Sheik, principal suspeito de ter praticado o crime. O valor da ação é de R$ 1 milhão.
Gabriel Bonfim falou com exclusividade ao Varela Notícias e justificou o pedido alegando que as três filhas da vítima vão ficar desemparadas sem o pai, que era o provedor da família. A menina mais velha tem 9 anos, a do meio 7 e a mais nova com pouco mais de 1 mês.

“O processo sucessório demora para se resolver. A família precisa pagar a escola das crianças, que são valores altos. A mãe precisa pagar o aluguel, as despesas com o velório. Além disso, tem o dano para a vida das crianças. Então, o ofensor tem que pagar o valor equivalente que venha a suprimir as despesas das crianças até que elas completem os 18 anos, que é o que o pai faria. É o valor de uma vida”, alegou o advogado.
O processo foi enviado para a 5ª Vara Cível e Comercial de Salvador. O juiz responsável pelo caso vai citar a outra parte para que esta possa se defender.
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), testemunhas afirmaram que os disparos aconteceram depois da vítima ter pedido a Sheik para parar de fazer manobras perigosas em uma via pública da cidade, onde ocorria uma festa ‘paredão’.
O enterro de Will aconteceu no último dia 26, no Cemitério Bosque da Paz, no bairro de Nova Brasília. A cerimônia de despedida contou com muita comoção de familiares, amigos e famosos. O acusado se apresentou a polícia no dia 26, e está preso no Presídio da Mata Escura.


*Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário