Após dívidas de R$ 98 bilhões, Odebrecht deve vender imóveis em Salvador para cortar gastos

Após contrair dívidas que ultrapassam R$ 98 bilhões, a Odebrecht S.A. vai iniciar o processo de venda de três edifícios do escritório que tem na Avenida Luiz Viana (Paralela), em Salvador.
Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, a venda acontece em meio a uma tentativa da empresa de reduzir custos e endividamentos da empresa, que protocolou o maior pedido de recuperação judicial da história do Brasil, em junho deste ano.
Conforme a publicação, no fim da tarde de sexta-feira (02), a companhia enviou um comunicado aos trabalhadores do escritório situado em Salvador informando que até 30 de setembro o imóvel será totalmente desocupado.

No total, os edifícios que serão vendidos têm 8,3 mil m² de área construída, em um terreno de 26,5 mil m². O local abriga uma parte da reserva da Mata Atlântica e ainda possui um centro de memória da empresa, com núcleo cultural e biblioteca.


*Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário