PIB mostra que responsabilidade fiscal é estratégia certa, diz governo

A estratégia adotada pelo governo, de crescimento com responsabilidade fiscal, vai se mostrando acertada, na avaliação da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia, em nota divulgada para analisar o resultado do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB registrou crescimento de 0,4% no segundo trimestre deste ano, na comparação com o trimestre anterior.
“Apesar do forte ajuste nas contas públicas, representada por uma queda de 1% no consumo do governo, o crescimento no trimestre foi positivo e acima das projeções de mercado”, disse a secretaria na Nota Informativa – Resultado do Crescimento do PIB.
De acordo com a secretaria, as instituições financeiras esperavam crescimento de 0,2% (pesquisa Focus).
A secretaria destaca, no entanto, que o cenário econômico continua desafiador. “O ajuste fiscal em curso, a baixa produtividade da economia brasileira e a incerteza da conjuntura internacional sugerem ainda um longo caminho a percorrer. Mas não deixa de ser importante frisar que, a despeito desses desafios, a conjuntura brasileira hoje mostra-se mais favorável do que era há alguns meses”, finalizou a secretaria.


*Tribuna da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário