STF determina suspensão da transferência de Lula para São Paulo

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não seja transferido para São Paulo e permaneça preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, no Paraná.
A decisão contraria o que determinou a juíza federal Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena do petista. Ele seria encaminhado ao presídio do Tremembé, em São Paulo.
Relator do caso na Corte, o ministro Edson Fachin votou contra a transferência do petista para o interior paulista. Ele foi acompanhado pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e pela maioria dos ministros. Apenas o ministro Marco Aurélio Mello votou pela divergência e afirmou que o caso era competência do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário