Brasil terá papel estratégico na luta mundial contra a tuberculose

O Brasil foi escolhido como presidente do Conselho da Stop TB Partnership, organização internacional que luta contra a tuberculose. Com isso, o Ministério da Saúde terá um papel essencial na criação e implementação de estratégias para eliminar a doença.
Vinculada ao Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS/ONU), a Stop TB tem, no Brasil, o apoio da Frente Parlamentar pela Luta contra a Tuberculose, que é presidida desde 2012 pelo deputado federal Antonio Brito. Somente em terras brasileiras foram contabilizados em 2018 mais de 72 mil novos casos da doença.
Para ajudar no combate, o Ministério da Saúde incorporou ao Sistema Único de Saúde (SUS) uma nova formulação para o tratamento de crianças menores de 10 anos com tuberculose.
Atualmente, a presidência do Conselho é exercida pelo ministro da Saúde da África do Sul, Aaron Motsoaledi, que permaneceu no posto por dois mandatos (seis anos). Em maio de 2019, o ministro Luiz Henrique Mandetta apresentou candidatura ao cargo ocorreu durante a Assembleia Mundial da Saúde, realizada em Genebra (Suíça).


*Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário