Estudo aponta manipulação política pela internet em 70 países

A pesquisa "Ordem Global de Desinformação-2019" relatou que iniciativas de uso de redes sociais para manipular eleições chegaram a 70 países, um crescimento de 45% em comparação ao ano de 2018, em que isso ocorreu em 48 nações. Em 2017, casos foram identificados em 28 países, um aumento de 150%.
O estudo foi realizado pelo Instituto de Estudos sobre Internet da Universidade de Oxford, na Inglaterra, que começou a monitorar esse tipo de situação em 2017.
“Em um ambiente de informação caracterizado por altos volumes de informação e níveis limitados de atenção e confiança dos usuários, ferramentas e técnicas de propaganda computacional estão se tornando uma parte comum e essencial das campanhas digitais e da diplomacia pública”, concluíram os autores.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário