Fugitivo da CASE Melo Matos é morto a tiros, facadas e pedradas no Limoeiro; outro menor saiu ferido

Um dos fugitivos da Comunidade de Atendimento Socioeducativa (CASE) Juiz Melo Matos, na noite da segunda-feira (14), foi assassinado a tiros, facadas e pedradas na rua principal do bairro Limoeiro, em Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (15).
Segundo informações, uma equipe da Polícia Militar foi informada sobre tiros e encontrou Welton Carmo Silva, 19 anos, morto em um matagal, enquanto outro indivíduo foi visto atravessando a BR-324, na direção da localidade de Tanquinho.
De acordo com familiares, Welton morava no bairro do Tomba e estava apreendido por envolvimento em um homicídio. Ele foi raptado por dois jovens e executado com tiros no tórax e nádegas, além de facada no pescoço e pedradas na cabeça.
A equipe da 65ª Companhia Independente (CIPM) isolou a área até a chegada das equipes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Tentativa de homicídio


A polícia informou que outro interno da CASE Melo Matos foi vítima de tentativa de homicídio no mesmo local onde Welton foi assassinado. O adolescente de 17 anos estava na companhia de mais três menores na Praça do Limoeiro quando foram surpreendidos por um grupo de desconhecidos.
O adolescente foi baleado duas vezes na coxa esquerda e uma vez nas costas, além de sofrer um corte de faca na testa. Ele conseguiu fugir do grupo e contou os outros menores também conseguiram fugir pelo matagal. Acrescentou que Welton morreu no local.
Blog Central de Polícia, com informações do Ronda Policial a Ascom/CPRL/imagem ilustração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário