Dez cidades baianas podem deixar de existir

Uma proposta apresentada pelo governo Jair Bolsonaro prevê a exclusão de municípios brasileiros pequenos, com menos de cinco mil habitantes. Se aprovado, anúncio feito na última terça-feira (05) visa a incorporação de 1.253 localidades à cidades vizinhas a partir de 2026. Na Bahia, dez cidades podem deixar de existir.
Do total, a cidade com menor número de habitantes é Maetinga, com 3161 mil moradores. Ela vem seguida de Catolândia (3577) e Lafaiete Coutinho (3724). Em último lugar, aparece Gavião (4463). Confira a lista completa:

1 Maetinga – 3161 habitantes
2 Catolândia – 3577 habitantes
3 Lafaiete Coutinho – 3724 habitantes
4 Lajedinho – 3783 habitantes
5 Lajedão – 3955 habitantes
6 Ibiquera – 4044 habitantes
7 Dom Macedo Costa – 4058 habitantes
8 Contendas do Sincorá – 4066 habitantes
9 Aiquara – 4446 habitantes
10 Gavião – 4463 habitantes


*Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário