Homicida é flagrado pelo reconhecimento facial em Salvador

Jhonata de Queiroz Freitas, 21 anos, o Kiko, foi o 14º homicida flagrado pelo Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública da Bahia. Com a captura realizada em Salvador, na tarde desta última quarta-feira (27), a tecnologia alcançou a marca de 85 prisões.
O homicida, com mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Criminal do Juri e de Execuções Penas de Infância e Juventude de São Gonçalo dos Campos, circulava pela cidade usando camisa rosa e mochila, quando foi captado pelas câmeras com 98% de similaridade.
Além de Jhonata, outros 12 procurados por homicídio e um por feminicídio foram alcançados com o apoio da ferramenta. “ O primeiro homicida foi impedido de entrar no circuito do Carnaval, e desde então, já retiramos 84 criminosos, sendo 14 deles por crimes contra a vida, do convívio com a sociedade”, ressaltou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.
Alcançado por equipes da Polícia Militar, o foragido apresentou documento de identificação pessoal e foi encaminhado para a Central de Flagrantes, na ACM, onde o mandado de prisão foi cumprido. Jhonata ficará preso à disposição da Justiça.


*Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário