PF deflagra operação que mira suposto esquema de pagamento de propina na Aneel

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (22) mandados de busca e apreensão para apurar suposto recebimento de propina por ex-diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) entre os anos de 2010 e 2013, de acordo com o G1. Os mandados foram cumpridos em Brasília e miraram três pessoas.
A investigação começou em 2016 a partir de nota técnica da Controladoria-Geral da União (CGU) que identificou indícios de irregularidades em decisões tomadas pela diretoria da Aneel.
As decisões teriam contrariado pareceres técnicos da própria agência para beneficiar empresas do ramo de energia. Segundo a investigação, os prejuízos para o poder público ultrapassam R$ 12 milhões.


*Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário