Turista que sofreu com ardência e coceira após banho de mar recebe alta com diagnóstico inconclusivo

O mineiro Anderson Gabriel, de 38 anos, que está com manchas no corpo após banho de mar em uma praia de Ilhéus recebeu alta no final da tarde de segunda-feira (11). Porém, o laudo com as causas das manchas e do mal-estar é inconclusivo.
De acordo com o portal G1, no relatório de alta, no item "suspeita diagnóstico", a situação do turista é descrita com uma interrogação: "Dermatite alérgica de contato devida a outros produtos químicos?".

"Não podemos cravar o que ocorreu. Todos os exames que deram positivo para a outra paciente deram negativo para ele", disse o Secretário de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, à reportagem.
A pasta já havia descartado suspeita de intoxicação por óleo, mas o turista permaneceu em observação no hospital e passou por exames com especialistas. O hospital resolveu mantê-lo internado por precaução para evitar uma possível intoxicação.
Segundo o site, ainda com as manchas pelo corpo, Anderson disse que vai voltar para Minas Gerais até quarta-feira (13) e, em seguida, procurar tratamento para as manchas.


*Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário