Acusada de matar marido se apresenta à justiça e alega legítima defesa

Mônica Silva, a suspeita de assassinar Varnei Mascarenhas Ribeiro na última semana, compareceu na tarde desta terça (17), em Valença, no Baixo Sul do estado, à delegacia de polícia da 5ª Coordenadoria de Polícia do Interior – Corpin – para apresentar-se.

Recebida pelo delegado titular, Bruno Pereira Oliveira, Mônica confessou o crime e informou ter assassinado Varnei por legítima defesa. “Ela citou estar arrependida pelo ato e disse que tudo aconteceu por legítima defesa”, comentou em ligação telefônica com o jornalista Wellingthon Anunpciação.
Suspeita em liberdade
O delegado ainda explicou que quando existe apresentação voluntária o suspeito não pode ser preso, e disse que o caso será encaminhado ao Ministério Público para análise de oferta de denúncia a justiça.
Segundo juristas, Mônica ainda pode ser presa caso não comprove a legítima defesa, após o julgamento que ocorrerá na modalidade popular.

Fonte e Foto:livrenoticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário