Fisioterapeuta é preso após confessar ter mandado matar amante

O fisioterapeuta Alfredo Victor de Oliveira Mattos, residente da cidade de Lapão, no norte da Bahia, confessou ter mandado matar a jovem Rafaela Goes de Souza, de 27 anos, e foi preso neste último sábado (30).
De acordo com a polícia, Alfredo confessou que tinha um caso com a vítima e, como era casado, mandou matá-la após Rafaela ameaçar contar sobre a traição para a esposa dele.
Um homem identificado como Ramon Silva Santana também foi preso, suspeito de participar do crime. Ramon disse à polícia que foi procurado pelo fisioterapeuta no domingo (24), para matar a vítima. Outro homem, identificado como Eriton Dias, também é apontado como participante do crime e já teve a prisão preventiva decretada, mas está foragido.

O crime foi iniciado na quarta-feira (20), quando Rafaela foi sequestrada e levada para um local próximo a fazenda do pai de Alfredo. No local, a vítima foi mantida em cativeiro durante quatro dias.
No último domingo (24), Rafaela foi torturada e queimada viva. Policiais encontraram o corpo da vítima em um lixão desativado na cidade de Irecê, com uma corda amarrada no pescoço, a mandíbula quebrada e com marcas de queimadura.
A polícia ainda procura pelo terceiro envolvido no crime.


*Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário