Nº de motoristas que se recusam a fazer teste do bafômetro sobe 14% no feriadão de Natal

O número de condutores que se recusaram a fazer o teste do bafômetro nas rodovias federais baianas durante o feriadão de Natal, neste ano, foi 14% maior do que no mesmo período do ano passado, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Em cinco dias de fiscalização nas estradas, os agentes da PRF autuaram 103 motoristas por alcoolemia ao volante depois de se recusarem a passar pelo teste.
Além disso, 15 pessoas foram flagradas ao conduzirem o veículo embriagadas, após constatação pelo teste do bafômetro. Outras seis pessoas foram presas por embriaguez.

A polícia divulgou que 5.896 testes de alcoolemia foram realizados nas vias federais baianas no feriadão deste ano.
No total, de acordo com o balanço, foram abordados 10.488 veículos, que transportavam 11.395 pessoas.
Em relação às ultrapassagens proibidas, embora o número ainda seja alto (827), houve uma redução de 54% em relação a 2018.
Ainda foram flagrados o não uso de cinto de segurança por condutor ou passageiro (339 pessoas), não uso do capacete (47 motociclistas) e falta de descanso do motorista de veículo de carga (117 condutores).
Durante o período natalino neste ano, a PRF registrou 60 acidentes, com redução de 4% no número de acidentes com feridos (47), manutenção do número de acidentes graves (21), quando comparado ao ano passado. Foram ainda registrados ainda seis acidentes com mortes.


*metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário