Papa Francisco orienta fiéis a pensar nos mais necessitados: “Como Deus faz sempre conosco”

O Papa Francisco alertou neste último domingo (1º) para a “indiferença com o próximo”. Segundo ele, essa é a característica que marca a sociedade contemporânea. O pontíficie pediu aos fiéis que preparem o Natal pensando nos mais necessitados.
“Vigilância significa, concretamente, estar atento ao próximo em dificuldade, ser interpelado pelas suas necessidades, sem esperar que ele nos peça ajuda, mas aprender a prevenir, a antecipar, como Deus faz sempre conosco”, disse Francisco, assinalando o início do Advento.
Da janela do apartamento pontifício, de onde presidiu ao ângelus perante os milhares de pessoas que o acompanharam na Praça de São Pedro, o papa Francisco advertiu para os riscos da “indiferença e vaidade” que levam à “incapacidade de estabelecer relações genuinamente humanas, de cuidar do irmão solitário, abandonado ou doente”.
A Igreja Católica celebra este domingo o início do advento, primeiro tempo litúrgico do novo ano do calendário celebrativo católico.
O pontífice convidou ainda os católicos a ter uma “visão de fé e esperança” sobre todos os acontecimentos da sua vida, com uma “atitude de peregrinação, de caminho em direção a Cristo, o significado e o fim da história”.

*Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário