Pente-fino do INSS cancela 261,3 mil benefícios em quatro meses

Um pente fino no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) cancelou 261,3 mil benefícios em quatro meses de trabalho. O cancelamento está previsto na medida provisória (MP) 871, que permite uma operação especial de análise de processos com suspeitas de irregularidade. As informações são do jornal O Globo.
Um universo de 1,84 milhão beneficiários com processos suspeitos estão sendo notificados. Segundo dados do INSS, a medida já resultou em uma economia de R$ 336 milhões e, em um ano, chegará a R$ 4,3 bilhões. A meta é bater R$ 10 bilhões por ano.

A MP foi editada no início do ano, mas a operação começou a funcionar efetivamente em agosto porque faltava liberação orçamentária para pagar um adicional para os servidores na análise de processos suspeitos — um volume de cinco milhões. O Benefício de Prestação Continuada (BPC) pago a idosos e deficientes da baixa renda foi o campeão de fraudes.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário