Prefeito de cidade cearense é morto a tiros enquanto caminhava

O prefeito de Granjeiro, no Ceará, João Gregório Neto (PSD), foi morto a tiros enquanto caminhava na manhã dessa terça-feira (24). A vítima foi atingida pelas costas.
De acordo com o portal G1, moradores da cidade contaram que um carro com suspeitos foi visto se aproximando do prefeito. Logo depois, foram ouvidos, pelo menos, três disparos. Moradores tentaram socorrer João Gregório, mas quando chegaram próximo ao local ele já estava morto. A autoria e a motivação da morte ainda não foram confirmadas pela polícia.
Nas redes sociais, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), lamentou a morte de Gregório. "Lamento profundamente o episódio de violência ocorrido hoje em Granjeiro. [...] Já determinei rigor absoluto nas investigações, com reforço de equipes na região, para que os criminosos sejam identificados e presos o mais rápido possível", escreveu.

Operação da PF

O prefeito morto já foi alvo de uma ação da Polícia Federal há pouco mais de um ano. Ele teria movimentado cerca de R$ 26 milhões na conta de um parente beneficiário de aposentadoria rural, num período de dois anos, segundo investigações da Operação Bricolagem, relativas a fraudes em licitações para construção de escolas. O valor dos contratos fraudados, segundo a reportagem, somava cerca de R$ 5 milhões. Um dos mandados foi cumprido em sua casa, onde foram encontrados R$ 213 mil em espécie, guardados em caixas de sapato.


*Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário