Vitória apresenta orçamento e quer cobrar taxa para conselheiros do clube

O presidente do Vitória, Paulo Carneiro, apresentou ontem (16), em reunião no conselho deliberativo do clube, a previsão orçamentária da agremiação para o ano de 2020. A diretoria rubro-negra pretende atuar com um orçamento de R$ 52 milhões, com despesa prevista de R$ 51 milhões. A reunião do colegiado aconteceu na Toca do Leão.
O presidente detalhou ainda uma proposta de cobrança de uma taxa para os conselheiros do clube. Os valores seriam R$ 1.200 ou R$ 600 anuais. O segundo valor seria para conselheiros que não tivessem condição de pagar com a taxa completa.

Também foram apresentadas informações sobre a academia de futebol gerida pelo rubro-negro. Batizada de Academia de Futebol, o complexo no Barradão vai receber crianças e adolescentes para desenvolver integração com o Vitória e promover novos talentos no futebol.
Paulo Carneiro também apresentou uma proposta de setorização de quiosques no entorno do estádio e a construção de um bar. 
 Metro1/Foto : Divulgação/ECV/Maurícia da Matta

Nenhum comentário:

Postar um comentário