Brasil está à frente da Argentina para entrar na OCDE, diz Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse hoje (15) à imprensa, na saída do Palácio da Alvorada, que o Brasil está "bastante adiantado" nos critérios para entrar na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).
Conforme o mandatário, o Brasil estaria "inclusive na frente da Argentina". Ontem (14), a embaixada dos Estados Unidos em Brasília divulgou comunicado em que afirmou que apoia a entrada do Brasil na OCDE, considerada uma espécie de "clube dos países ricos".
Os EUA devem oficializar um posicionamento hoje, em reunião do conselho da organização internacional, que acontece em Paris.
Depois da manifestação da embaixada, assessores do ministro da Economia, Paulo Guedes, informaram que o Brasil passa a ser a prioridade dos EUA para o órgão. Em outubro, o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, havia enviado carta à OCDE, declarando apoio à entrada da Argentina e da Romênia na organização.

De acordo com assessores de Bolsonaro, no entanto, a Argentina perdeu prioridade do apoio dos EUA, por conta da mudança do governo. O novo presidente, Alberto Fernández, é avaliado como menos alinhado às ideias de Washington do que o seu antecessor, Maurício Macri.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário