Flu de Feira emite nota sobre desistência de contratar Bruno; posicionamento termina em polêmica

Horas depois de anunciar em entrevista coletiva a desistência da contratação do goleiro Bruno, na tarde desta última terça-feira (07), a diretoria do Fluminense de Feira publicou uma nota oficial na página do Instagram do time. Mas o que deveria servir para acalmar os ânimos dos torcedores, acabou surtindo o efeito contrário.
O arqueiro e ex-atleta do Flamengo, é responsável pelo suposto assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samúdio, em 2010. Com um texto escrito em caixa alta, o clube praticamente lavou as mãos e pôs a culpa da negociação não ter dado certo nos seus seguidores. “Devido a grande manifestação de uma parte da torcida da torcida, em especial a torcida feminina, e da grande movimentação nas redes sociais, a diretoria do Fluminense de Feira desistiu da contratação do goleiro Bruno Fernandes, ex-Flamengo”, diz um trecho da nota.

O comunicado segue e ainda provoca os torcedores, pedindo para quem criticou a contratação nas redes sociais “use as mesmas” para auxiliar o time, inclusive se associando.
Houve reação imediata logo após a postagem: “Esse comunicado deveria ser acompanhado no mínimo com a palavra ‘Desculpas’ e não com críticas às nossas manifestações”, diz um trecho da publicação de uma torcedora. “Aproveita que não usou o dinheiro na contratação pra pagar essa vergonha que vocês tão passando, porque olha…”, ironizou outra.


*varelanotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário