Maioria dos bancos isentará cobrança da tarifa do cheque especial

As novas regras sobre cheque especial começam a valer na próxima segunda-feira (6). Quatro bancos já confirmaram que irão isentar a cobrança dos clientes. O Itaú afirmou que não irá cobrar a taxa do cheque especial, o Bradesco não cobrará a taxa até junho de 2020. O Banco do Brasil optou pela isenção ao longo de 2020, a Caixa também não fará a cobrança neste momento.
Essa é o atual posicionamento dos bancos à resolução do Banco Central, em novembro do ano passado, que autoriza os bancos a cobrarem pelo limite de crédito disponibilizado no cheque especial. Para os clientes que utilizarem até 500 reais no cheque especial não haverá cobrança. Para quem exceder o valor de 500 reais, o banco cobrará a tarifa de 0,25%.

A cobrança da tarifa deve ser efetuada no máximo uma vez por mês. As regras valem para os novos contratos e para quem tem cheque especial, a cobrança ocorrerá em 1º de junho.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário