Virada de 2020 em Salvador é a mais tranquila dos últimos anos

Além de contar com grandes atrações como Ivete Sangalo e Léo Santana, o Réveillon da capital baiana teve também a festa mais segura e tranquila. É isso que dizem os números anunciados pela prefeitura sobre a quarta noite do Festival Virada Salvador nessa terça-feira (31).
A Guarda Civil Municipal (GCM) registrou uma redução de 20% nas ocorrências na comparação com a virada de 2018 para 2019. Do total de 151 atendimentos feitos pela corporação, apenas oito foram ocorrências, sem casos graves - a maioria é relativa a pequenos furtos. Além disso, a Superintendência de Trânsito (Transalvador) não registrou nenhum acidente no entorno da festa.
Quanto à saúde, o módulo montado especialmente para o festival computou 170 atendimentos entre a noite de ontem e a madrugada desta quarta (1º). As situações de natureza clínica seguiram como a principal causa das admissões no posto, somando 147 casos. Apenas três pacientes precisaram de transferência para unidades de saúde, o que confirma a eficácia da estrutura montada para o evento.
“Tivemos uma grande festa de Réveillon, onde tudo transcorreu normalmente. O grande destaque positivo no setor da saúde na noite da virada foi que não tivemos intercorrências de maior gravidade e cerca de 98% dos atendimentos registrados foram resolvidos no próprio módulo montado para a festa”, avaliou Leo Prates, secretário municipal da Saúde.
A festa continua a partir das 18h de hoje com shows de Daniel Vieira, Ilê Aiyê, Daniela Mercury, Olodum e Saulo, que encerra esta edição da Virada Salvador.


*Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário