Banco Central reduz taxa básica de juros para 4,25%

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu ontem (5), reduzir a taxa básica de juros, a Selic, de 4,5% para 4,25% ao ano. O corte de 0,25 ponto percentual veio em linha com a expectativa do mercado. O comunicado do Copom também sinaliza o fim do atual ciclo de cortes nos juros.
Com a decisão, a Selic chegou ao menor percentual desde 1999, quando começou o regime de metas para a inflação. O atual ciclo de redução dos juros começou em julho do ano passado.
O mercado passou a apostar num corte, porque, desde então, foram divulgados vários dados decepcionantes de setores como indústria e serviços no final do ano passado, sugerindo que há espaço para aquecer ainda mais a atividade econômica. Também apareceu um fenômeno novo no cenário, o coronavírus, gerando pânico nos mercados e incerteza sobre o crescimento da China, a maior parceira comercial do Brasil.

Com a inflação em baixa, o Banco Central pode cortar os juros, o que serve como estímulo para a economia.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário