Crescimento no comércio varejista baiano supera média nacional

As vendas do varejo baiano, em 2019, cresceram 2,1% em comparação a 2018, superando a média nacional (1,8%). Apesar da queda nacional de 0,1% em dezembro em comparação a novembro, o crescimento do mesmo mês em relação a 2018 foi positiva para a Bahia (7,4%), que foi bem superior ao nacional, de 2,6%.
O aumento da oferta de empregos foi apontado como principal causa do saldo positivo, segundo o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro. “Este desempenho está relacionado ao aumento da empregabilidade, uma vez que a Bahia liderou a geração de empregos formais no Nordeste em 2019, com 30.858 novos postos de trabalho”, argumenta.

O setor de móveis e eletrodomésticos, que teve o maior avanço nas vendas em dezembro comparado ao mesmo mês em 2018 (50,8%), conseguiu superar a taxa nacional, que teve aumento de 18,6%. No entanto, a pior queda no varejo baiano foi na área de livros, jornais, revistas e papelaria, no valor de -29,1%, ao passo em que, nacionalmente, o setor cresceu em 1,5%.


*varelanotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário