Uesb apura caso de aluno ruivo que entrou por cotas raciais em medicina; ele diz ser pardo

Um aluno branco e de cabelos ruivos foi classificado e conquistou, por meio da política de cotas raciais, uma vaga no curso de medicina na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).
De acordo com o G1, a instituição informou que o estudante, identificado como Michelson Mendonça da Silva, se declarou pardo no momento da inscrição.
Um processo administrativo está em andamento para apurar o caso. Os interessados já foram ouvidos e a denúncia está sob análise da Procuradoria Jurídica da universidade.
A matrícula dos aprovados pelo sistema de reserva de vagas se dá pela autodeclaração, no entanto, a Uesb avalia aprimorar o processo de matrícula, a fim de implantar de um comitê de avaliação para garantir a transparência e a segurança dos candidatos.


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário